Manifesto

27/03/2009 § 1 comentário

MANIFESTO

NADA SERÁ COMO ANTES

Rupturas da convergência digital: na comunicação, nas organizações e na sociedade

 

O cenário no qual estamos imersos é marcado por rupturas.

rupturas na sociedade, na política, na economia, na educação, na história, na ciência, no mundo do trabalho, nas cidades, nas organizações, nas hierarquias, nos processos criativos, na arte, na linearidade…na convergência digital.

Em todos os espaços, há rupturas.

As tecnologias emergentes e convergentes, o advento das novas gerações filhas da interatividade, a economia dos bens simbólicos, os processos co-criativos e rizomáticos e a subversão da hipertextualidade sinalizam com rupturas paradigmáticas profundas nos campos da comunicação, das organizações e da sociedade.

Essas mudanças demandam uma reinvenção cognitiva por parte de profissionais e pesquisadores, porque as teorias e os relatos que atribuíam sentido ao mundo já não são suficientes para dar conta da realidade mutável, mutante.  Porque os paradigmas até então vigentes mais nos cegam do que iluminam. Porque seus métodos mais engessam, esquartejam e fragmentam do que dão conta de uma nova totalidade complexa e sistêmica.

Parece compulsório indagar: que efeitos terão sobre a práxis comunicacional?  Qual o futuro dos cursos de Comunicação, cujos currículos ainda estão marcados pela linearidade cumulativa dos conteúdos, diante da subversão da interatividade e da hipertextualidade? Que impactos econômicos, culturais e sociais as rupturas já constatadas provocarão no âmbito das organizações sociais? Que novas competências precisam ser desenvolvidas? Que novos métodos e teorias emergirão da observação e da intervenção nesse cenário?

Por isso, diante desse cenário e dessas indagações, chamamos e conclamamos professores, pesquisadores, empresários, profissionais  e estudantes a:

Pesquisar, pesquisar, pesquisar.

Experimentar, experimentar, experimentar.

Criar, criar, recriar.

Sem medo…

Inquietar, provocar,

Instigar mentes

Multiplicar perspectivas

Superar explicações simplistas, rápidas e fáceis

Não fugir dos números nem dos algoritmos

Ao mesmo tempo,

Compartilhar, conviver e enfrentar o desconhecido

lançar-se ao infinito

com mais arte, mais imaginação

mais crítica, mais crítica, mais critica….

mais sensibilidade,

e, sobretudo,

mais solidariedade.

Nada será como antes!

Universidade Católica de Brasília

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação

Gabinete de Pesquisa  Rupturas da Convergência Digital: na comunicação, nas organizações, na sociedade

 

Primeiros signatários:

Prof. Dr. Aylê-Salassié Filgueiras Quintão

Prof. Dr. João José Azevedo Curvello

Prof. Mestrando Paulo Marcelo Moreira Lopes

Anúncios

§ Uma Resposta para Manifesto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Manifesto no Rupturas da Convergência Digital.

Meta

%d blogueiros gostam disto: